domingo, 30 de agosto de 2009

Liberdade

Para nadar bem é preciso se sentir livre. Livre para se movimentar como quiser, para experimentar, mudar, fazer diferente. Livre de conceitos, preconceitos e desejos, do medo de errar, de questionar.
A sensação de liberdade na água só se consegue quando nos entregamos a ela sem intenções e desejos, quando permitimos que ela nos conduza, no ritmo dela, quando relaxamos e respeitamos nossos limites, quando compreendemos que tudo que queremos fazer a água pode fazer por nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores