sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Confiança

Ao nadar percebi que a água é como uma mãe. Uma mãe que carrega seu filho no colo. Se me debato e me mexo desesperado fica difícil dela me segurar, sustentar. A água não nos puxa para baixo, ela nos empurra para cima. É a falta de confiança em nós mesmos que nos faz afundar.
Confiar na água é confiar em si mesmo.

Um comentário:

  1. Concordo plenamente professor.
    Tenho o costume de dizer aos alunos adultos iniciantes.
    Natação é jeito e nao força.
    Pois é incrivel como iniciantes adultos fazem força para tentar se desempenhar nos primeiros passos do nadar.

    ResponderExcluir

Seguidores