sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Desabafo

O que vejo, quase ninguém vê.
O que penso, ninguém se importa.
O que sinto, ninguém entende.
Será que estou além ... ou aquém?
Aprendi nadar sem fazer força,
mas dizem que isso é impossível.
Me viram nadando o golfinho sem fazer força
e continuam dizendo que é impossível.
Será que estou louco?...
Me sinto um peixe fora d'água...
Uma estrela longe das outras, isolada no céu...
Pareço estar na contramão...
As vezes acho que não sou deste mundo...
Serei eu um E.T. ?...
Mesmo assim, algo me diz que estou no caminho certo,
Caminho que me leva a nadar com leveza e naturalidade.
Não quero mais mudar o mundo,
nem provar coisa alguma.
Cada indivíduo é um mundo,
não posso querer que outros mundos sejam como o meu.
Só sei que o que faço e sinto é real, não é teoria é pratica
e ninguém pode tirar isso de mim
e quem acreditar em mim terá a chance de experimentar o que sinto
e encontrar o prazer de nadar, como eu.

2 comentários:

  1. "é prática"... Mas os outro enxergam teoria... e ainda maluca

    ResponderExcluir
  2. Na natação a prática faz a teoria e não a teoria faz a prática como vemos muitas vezes e é aí que o nado não flui.

    ResponderExcluir

Seguidores