Segredos Desvelados


          “Não depositem fé em tradições, mesmo que tenham sido aceitas por longas gerações e em muitos países. Não acreditem em algo só porque muitos o repetem. Não aceitem uma coisa só por ter  sido afirmada por algum dos Sábios antigos, nem com base numa declaração encontrada nos livros. Jamais acreditem em alguma coisa porque as probabilidades lhe são favoráveis. Não acreditem no que vocês mesmos imaginaram, pensando que foram inspirados por um deus. Não acreditem em nada simplesmente por ter sido afirmado por mestres ou sacerdotes. Após examinarem, acreditem naquilo que testaram pessoalmente e julgaram razoável, que esteja em conformidade com seu bem-estar e o dos outros”. (Buda)

          Na psicologia budista tudo tem que ser verificado pela experiencia do próprio indivíduo.

          A observação atenta de nossos próprios processos mentais é um poderoso instrumento de desenvolvimento pessoal. Pode levar à solução  de problemas pessoais e, também, a uma alteração fundamental de nossa sensação de quem somos, do que necessitamos e de como nos relacionamos com o mundo.

          O caminho da iluminação não é apenas uma questão de tornar-se sábio, mas também de aprender a relaxar-se. O relaxamento e saúde físicos são considerados condições prévias para a iluminação; ou, em outras palavras, a iluminação é considerada um estado relaxado e saudável.


Segredos desvelados: práticas do Budismo Tibetano / Walt Anderson. - Rio de Janeiro : Francisco Alves, 1983

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores